Error message

Notice: Undefined index: und in sacred_space_retreat_preprocess_page() (line 137 of /home/patc1321/public_html/sacredspace.ie/profiles/annerprofile/modules/custom/sacred_space_retreat/sacred_space_retreat.module).

Error message

Notice: Undefined index: und in sacred_space_retreat_preprocess_page() (line 137 of /home/patc1321/public_html/sacredspace.ie/profiles/annerprofile/modules/custom/sacred_space_retreat/sacred_space_retreat.module).
  • Calma

    Começa por acalmar, silenciar e focar-te um pouco mais
    • Ao iniciar este tempo de oração e reflexão, começa por acalmar, silenciar e focar-te um pouco mais. Há diferentes maneiras de o fazer, e até pode acontecer que já conheças algumas que te ajudem. Hoje, durante algum tempo toma consciência das sensações nas diferentes partes do teu corpo. Não importa se estás sentado(a) confortavelmente, ou deitado(a) ou a passear. Primeiro vai tomando consciência do teu corpo, das diferentes sensações nas diferentes partes do teu corpo.
    • Talvez agora te possas focar nos teus pés, nos sapatos que trazes calçados ou no chão que pisas, na forma como andas. Talvez ajude esticar os dedos dos pés!
    • A seguir vamos trabalhar o nosso corpo – das pernas, ancas, tronco, braços e mãos até ao rosto e cabeça. Procura sentir cada parte do teu corpo e só avanças quando isso acontecer.
    • Quando chegares à cabeça, volta a dar atenção aos pés e continua devagar pelo corpo acima uma e duas vezes.
    • Então estás preparado(a) e deixa que a tua atenção pare no teu próprio interior. É a partir desse centro silencioso que podes agora escutar a leitura do encontro de Marta com Jesus.
  • Escritura

    João 11:1, 3-6, 17-27

    Estava doente um homem chamado Lázaro, de Betânia, terra de Maria e de Marta, sua irmã. Então, as irmãs enviaram a Jesus este recado: «Senhor, aquele que amas está doente.»
    Ouvindo isto, Jesus disse: «Esta doença não é de morte, mas sim para a glória de Deus, manifestando-se por ela a glória do Filho de Deus.» Jesus era muito amigo de Marta, da sua irmã e de Lázaro. Mas, quando recebeu a notícia de que este estava doente, ainda se demorou dois dias no lugar onde se encontrava.

    Ao chegar, Jesus encontrou-o sepultado havia quatro dias. Betânia ficava perto de Jerusalém, a quase uma légua, e muitos judeus tinham ido visitar Marta e Maria para lhes darem os pêsames pelo seu irmão. Logo que Marta ouviu dizer que Jesus estava a chegar, saiu a recebê-lo, enquanto Maria ficou sentada em casa. Marta disse, então, a Jesus: «Senhor, se Tu cá estivesses, o meu irmão não teria morrido. Mas, ainda agora, eu sei que tudo o que pedires a Deus, Ele to concederá.» Disse-lhe Jesus: «Teu irmão ressuscitará.» Marta respondeu-lhe: «Eu sei que ele há-de ressuscitar na ressurreição do último dia.» Disse-lhe Jesus: «Eu sou a Ressurreição e a Vida. Quem crê em mim, mesmo que tenha morrido, viverá. E todo aquele que vive e crê em mim não morrerá para sempre. Crês nisto?» Ela respondeu-lhe: «Sim, ó Senhor; eu creio que Tu és o Cristo, o Filho de Deus que havia de vir ao mundo.»

  • Reflexão

    Que palavras usarias para descrever a experiência do amor de Jesus por ti?
    • Marta, Maria e Lázaro são de Betânia, uma aldeia próxima de Jerusalém. A casa deles é um porto para Jesus durante o seu ministério. Jesus sente-se bem quando chega a casa deles para tomar uma refeição e eles sentem-se livres de convidar Jesus sempre que precisam. Sentes-te bem na presença de Jesus?
    • Normalmente este episódio chama-se “A Ressurreição de Lázaro”. Podia chamar-se “ A fé de Marta”, porque a conversa de Jesus é praticamente com Marta. Esta conversa transforma a história do milagre de Lázaro numa história de abundância de vida nova possível a todos que acreditam em Jesus. Identificas-te com Marta? Como?
    • Jesus amava Marta, a sua irmã e Lázaro. As irmãs mandam uma mensagem de que o seu irmão está doente, mas não pedem a Jesus que o venha curar. Repara na confiança que elas têm em Jesus e no seu amor. Jesus ama-nos de muitas e variadas formas – com misericórdia, curando, perdoando incondicionalmente, apenas para falar em algumas. Que palavras usarias para descrever a experiência do amor de Jesus por ti?
    • Quando Marta ouve dizer que Jesus está ali, vai logo ao seu encontro. Tens desejo de deixares o lugar onde te encontras agora na vida e partir ao encontro de Jesus durante o retiro?
  • Fala com Deus

    Relembra alguns momentos da tua vida que ajudaram a aprofundar a tua fé
    • O que teria Marta pensado ao ir ao encontro de Jesus? Talvez se lembre do que ele fez a outros: a viúva de Naim, cujo filho foi devolvido à vida, ou a filha de Jairo que também estava morta mas que voltou à vida. Já alguma vez testemunhaste a acção poderosa de Deus na vida de outros? Já sentiste a acção poderosa de Deus na tua vida? Achas que Deus pode voltar a agir assim ou pensas que ele parece demorar?
    • Jesus diz a Marta: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que acredita em mim, mesmo que morra, viverá.” O que significa para ti ouvir estas palavras de conforto e de cura?
    • Com convicção Marta faz a sua profissão de fé: “Sim, Senhor, eu acredito que tu és o Messias, o Filho de Deus que devia vir a este mundo.” Conhecemos bem a profissão de fé de Pedro em resposta à pergunta de Jesus: “Quem dizes que eu sou?” Mas Marta mostra o mesmo grau de fé e a sua confissão é igualmente poderosa. Talvez queiras escrever a tua profissão de fé.
    • Relembra alguns momentos da tua vida que ajudaram a aprofundar a tua fé. Como esta oração está quase a terminar, conversa com o Senhor. Como gostarias de terminar esta frase: “Sim, Senhor, eu acredito…….”?
Página Inicial