User Settings

  • Background
  • Fade speed
  • Music
  • Text size
Choose a backgound theme.
Choose the speed the daily prayer fades between stages.
Choose music to play during the daily prayer.
Choose the size of the text for your daily prayer.

Lucas 1, 26-38

A Palavra de Deus

Quando Isabel já andava de seis meses, Deus mandou o anjo Gabriel a Nazaré, na província da Galileia, para falar com uma jovem chamada Maria, que estava noiva de José, descendente do rei David. O anjo aproximou-se dela e disse-lhe: "Eu te saúdo, ó escolhida de Deus. O Senhor está contigo." Maria ficou perturbada com estas palavras e perguntava a si própria o que queria dizer aquela saudação. Então o anjo continuou: "Não tenhas medo, Maria, pois foste abençoada por Deus. Ficarás grávida e terás um filho, a quem vais pôr o nome de Jesus. Ele será grande e será chamado o Filho do Deus altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono do seu antepassado David. Governará para sempre os descendentes de Jacob e o seu reinado não terá fim." Maria perguntou então ao anjo: "Como é que isso pode ser, se eu sou virgem?" Mas o anjo respondeu-lhe: "O Espírito Santo descerá sobre ti e o poder do Deus altíssimo te cobrirá como uma nuvem. Por isso o que vai nascer é santo e será chamado Filho de Deus. Também a tua parente Isabel vai ter um filho, apesar da sua muita idade. Dizia-se que não podia ter filhos, mas já está no sexto mês. É que para Deus não há nada impossível." Maria disse então: "Servirei o Senhor como ele quiser. Seja como tu dizes." E o anjo retirou-se.

Lucas 1, 26-38
  • Algumas pistas sobre a leitura de hoje

    Inactive
    Default
    • Sinto e vivo, que Deus está comigo? E isso perturba-me? Deixo-me perturbar por isso?
    • Acolho a bênção de Deus, sinto-me abençoado? Aceitando, mesmo sem perceber “como é que isso pode ser”?
    • Fiat – aceito e disponho-me a servir Deus, participando na construção do Reino de Deus, aqui e agora, naquilo a que me sinto chamado, estando atento a que “Também …” há filhos de Deus que precisam de mim? Reconhecendo-me e aceitando-me como necessitado, reconheço e aceito o Outro como “Também …” necessitado?
  • Algumas pistas sobre a leitura de hoje

    Active
    Default
    • Maria não esperava o convite do Senhor. Os seus planos eram muito diferentes. O convite perturba-a, mas está disponível …
    • Como terá ficado, aquela menina nazarena simples e pobre, depois do anúncio que irá ser Mãe do Filho de Deus? Imaginar a cena e colocar-me lá. Ouvir, ver e sentir.
    • Deus quer tornar-se tão próximo que pede a uma simples rapariga para nascer através dela. O Amor e a Humildade deste gesto ilustra bem Quem é o nosso Deus.
  • Algumas pistas sobre a leitura de hoje

    Inactive
    Default
    • Deus escolhe cada um de nós, mas nem sempre recebe esta resposta coerente e definitiva que recebeu de Maria.
    • Maria teme e interroga mas no final confia. É assim que levo a minha vida?
    • Maria coloca-se ao serviço do Senhor. É esse o seu caminho de felicidade. Já descobri o meu?
  • Algumas pistas sobre a leitura de hoje

    Inactive
    Default
    • Na festa da anunciação viramo-nos para Maria, pessoa central no indizível amor do Pai, que quis chegar mais perto dos homens.
    • Ela arriscou e entregou-se, generosamente, movida pelo desejo de um sentido para a vida e para a sua vocação.
    • Imitemos Maria neste "sim", no "sim ao amor", não recalcando mas antes promovendo todos os nossos limites, incertezas e medos.
  • Algumas pistas sobre a leitura de hoje

    Inactive
    Default
    • Deus entra na História do Homem, numa determinada família, com a sua história e a sua realidade. Não foi uma magia, um passo de ilusionismo, nem uma aparição. Escolheu viver verdadeiramente a condição Humana.
    • Maria podia ter dito não. Deus respeita profundamente a minha liberdade. Perante os desafios da vida eu posso optar. Maria optou por responder Sim, colocando a sua vida nas mãos de Deus.
    • O Sim de Maria, não lhe trouxe facilidades. Foi um Sim duro, difícil mas que deu sentido a toda a sua vida.
    • Em Maria cumpriu-se a palavra de Deus. Deus propôs e Maria colaborou no Seu Plano.
  • Algumas pistas sobre a leitura de hoje

    Inactive
    Default
    • Ponho-me na pele de Maria e imagino o que sentiu e viveu nos instantes da Anunciação. Contemplo as cenas de anunciação que marcaram a minha vida. Incompreensões, desafios, hesitações e medos, entregas e recuos.
    • O que Deus me anuncia nas actuais circunstâncias da minha vida? Enfrento os meus medos, faço minhas as dúvidas e as perguntas de Maria, Como será isso se...(completo a frase?) Confio o amanhã a Deus e à Mãe. Entrego tranquilamente, Jesus e Maria caminham a meu lado. Não estou só. Vivo a confiança, experimento a alegria de quem não receia abandonar-se.

o site de oração criado pelos jesuítas irlandeses