User Settings

  • Background
  • Fade speed
  • Music
  • Text size
Choose a backgound theme.
Choose the speed the daily prayer fades between stages.
Choose music to play during the daily prayer.
Choose the size of the text for your daily prayer.

Oração diária - 2018-07-09

Presença de Deus

Enquanto me encontro aqui sentado(a)à frente do computador,
Deus está presente,
insuflando-me de vida e a tudo o que me rodeia.
Durante uns momentos mantenho-me em silêncio
e tomo consciência da presença deste Deus de amor.

Liberdade

Deus não é alheio à minha liberdade:
só o Espírito pode encher de vida os meus desejos mais profundos,
conduzindo-me suavemente para o bem.
Peço a graça de deixar que o Espírito me encha e me conduza.

Tomada de Consciência

Existo numa teia de relações - com a natureza, com os outros, com Deus.
Identifico os laços que me unem às coisas, aos outros e a Deus
e agradeço a vida que através deles continua e se renova.
Algumas destas relações estão distorcidas ou foram cortadas:
posso sentir arrependimento, fúria ou desilusão.
Peço o dom da aceitação e do perdão.

A Palavra de Deus

Mateus 9,18–26

Enquanto Jesus falava, um chefe aproximou-se, prostrou-se diante dele e disse: «Minha filha faleceu agora mesmo; mas vem impor a mão sobre ela, e viverá». Jesus levantou-se e acompanhou-o, com os discípulos. Nisto, uma mulher que havia doze anos sofria de hemorragias veio por trás dele e tocou na franja de seu manto. Ela pensava consigo: «Se eu conseguir ao menos tocar no seu manto, ficarei curada». Jesus voltou-se e, ao vê-la, disse: «Coragem, filha! A tua fé te salvou». E a mulher ficou curada a partir daquele instante. Chegando à casa do chefe, Jesus viu os tocadores de flauta e a multidão agitada, e disse: «Retirai-vos! A menina não morreu; ela dorme». Mas eles faziam troça dele. Afastada a multidão, Jesus entrou, tomou a mão da menina, e ela levantou-se. E a notícia deste acontecimento espalhou-se por toda aquela região.

Algumas pistas sobre a leitura de hoje

Active
Default
  • Tento imaginar a cena: uma multidão de volta de Jesus, confusão, ansiedade ... quem sou eu ali, observo, procuro, duvido, suplico?
  • Jesus, mesmo no meio da multidão, reconhece-me, sente comigo. Se O procuro, sente o meu simples “toque” na ponta da sua capa, e derrama sobre mim a Sua Graça.
  • Nem sempre o que “aparenta”, é. Jesus dá-nos uma outra perspectiva da vida e sobretudo da morte – arrisca e expõe-se derradeiramente por nós, transformando aquilo que em nós parece “morto”, em vida que se “levanta” perante o mundo incrédulo.

Conversa

O que é que sinto quando rezo?
Sinto-me consolado(a), perturbado(a), indiferente?
Imagino Jesus aqui e agora, de pé ou sentado ao meu lado,
abro-lhe o coração e conto-lhe tudo.

Conclusão

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
Assim como era no princípio, agora e sempre.

Amen

Agradecemos o seu feedback acerca do site, sugestões de melhorias e comentários a respeito do significado pessoal da experiência de oração.

o site de oração criado pelos jesuítas irlandeses