User Settings

  • Background
  • Fade speed
  • Music
  • Text size
Choose a backgound theme.
Choose the speed the daily prayer fades between stages.
Choose music to play during the daily prayer.
Choose the size of the text for your daily prayer.

Convidamo-lo a criar um "Lugar Sagrado" no seu dia e a passar dez minutos a rezar, aqui e agora, em frente do computador, com orientações no ecrã e com a leitura escolhida especialmente para cada dia

Começar a Oração »

Para pensar e rezar durante esta semana

Na sua autobiografia, Inácio explica que, ao aproximar-se do fim da vida, se enchia de uma intensa alegria quando pensava na própria morte. A perspetiva de, em breve, se reunir com o seu Criador e Senhor fazia-o "desfazer-se em lágrimas.” Simultaneamente, Inácio era apaixonado pela vida. Conseguia encontrar Deus em todas as coisas e servi-Lo em todas as atividades e eventos, tal como nos ensina a sua espiritualidade. Não precisava de esperar pela morte para vivenciar a alegria da presença de Deus. Na prática, ao encontrarmos Deus em todas as coisas, temos a oportunidade de ponderar as nossas vidas aqui e agora enquanto lugar concreto onde já podemos viver a plenitude do amor de Deus.

Com o seu genuíno conhecimento da natureza humana, Inácio alertou para duas possíveis ratoeiras na vida espiritual: a nostalgia do passado e a projeção inútil no futuro.É importante revisitar as experiências do passado, pois tal ajuda-nos a descobrir momentos concretos da presença de Deus. Reconhecemos a sua presença em vivências de paz e alegria, vitalidade e confiança. O nosso passado pode ser uma fonte muito rica de aprendizagem, especialmente porque podemos aproveitar os momentos de reflexão para nos orientarem nas nossas escolhas. Essa reflexão contínua permite-nos adaptar as nossas vidas no momento presente, de modo a aproximá-las mais dos caminhos traçados por Deus. Mas também podemos ficar presos ao passado e acabar por ver o mesmo filme vezes sem conta. O resultado, quer seja produto da mágoa, quer da raiva, é o mesmo: deixamo-nos afastar do único momento que realmente existe — o presente.

Inácio não queria que os noviços (candidatos à Companhia de Jesus) recebessem, num dia, instruções sobre o que fazer no dia seguinte. Tal apenas os distrairia do grande desafio que se coloca a cada um, ou seja, viver plenamente no momento presente. Podemos ver a coisa da seguinte forma: um bom pai ou mãe tem de fazer, atempadamente, planos para o futuro. Mas mesmo nessa situação, podem ter a tentação de gastar tempo, inutilmente, a sonhar acordados sobre um futuro que ainda não existe em detrimento da vida real. São João Berchmans (1599–1621), um jesuíta flamengo que morreu jovem, entendia muito bem o conceito de viver no momento presente. Um dia, enquanto jogava bilhar, perguntaram-lhe o que faria se lhe dissessem que só lhe restavam alguns minutos de vida. A sua resposta foi: “Continuaria a jogar bilhar.”

Jesuits Telling Jokes, Nikolaas Sintobin, SJ

Mais Lugar Sagrado

o site de oração criado pelos jesuítas irlandeses